:: Memorial ::
busca
Home Notícias Newsletter Sala de Imprensa Fale Conosco    
 
Janela para AL
Arquivo


 
Colóquio 400 anos de Padre Antônio Vieira, Imperador da Língua Portuguesa

Escritor português e sua obra são lembrados nos seus 400 anos

O Memorial da América Latina, em parceria com o Centro de Estudos Fernando Pessoa, realiza, nos dias 22, 23 e 24 de abril, o Colóquio 400 anos de Padre Antônio Vieira, “Imperador da Língua Portuguesa”. Entre os palestrantes estão o advogado e professor Ives Gandra e o escritor Antonio Machado. A entrada é franca.

Nascido em Lisboa no dia 6 de Fevereiro de 1608, o Padre Antônio Vieira veio para o Brasil aos seis anos, onde estudou e missionou durante a maior parte da sua vida; escreveu cerca de 200 sermões e mais de 500 cartas, e sua obra foi tão significativa quanto sua vida.

Antônio Vieira destacou-se, não somente como literato, mas também no campo da política e economia. Era um homem à frente de seu tempo, defendeu o direito dos “cristãos-novos” (judeus que eram obrigados a adotar a religião católica para fugir da inquisição) de permanecer em terras portuguesas numa época marcada pela intolerância. Acreditava que Portugal só tinha a ganhar economicamente com os investimentos financeiros dessa classe perseguida. Era também contra a escravização indígena.

Fernando Pessoa refere-se a ele em seu livro “Mensagem” como o “Imperador da Língua Portuguesa”. Sua obra tem como característica marcante jogo de conceitos/idéias por meio do uso do raciocínio lógico e da retórica aprimorada. É tido como modelo de prosador e orador até os dias de hoje. Dentre os sermões de destaque temos: “Sermão de Santo Antônio” e “Sermão pelo Bom Sucesso das armas de Portugal contra as de Holanda”. Padre Antônio Vieira morreu aos 89 anos, na Bahia.

Para dar mais destaque à versatilidade que distinguiu Vieira ao longo da História, os conferencistas convidados abordarão a vida e a obra do padre sob as mais diversas perspectivas, de acordo com suas profissões e experiência de contato com a literatura do autor. De pesquisadores e ensaístas a arquitetos e advogados, todos têm em sua alma um pouco de Vieira para contar e muito a transmitir às novas gerações.

A abertura, no dia 22, será realizada na Biblioteca do Memorial da América Latina. No dia 23, as palestras acontecerão no Anexo dos Congressistas do mesmo Memorial e, no dia 24, o colóquio terá lugar na Casa de Portugal.

Apoio Cultural:
Fundação Calouste Gulbenkian
Biblioteca Nacional de Portugal
Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência
Casa de Portugal de São Paulo
Viagens Numatur
Banco Banif
Secretaria de Estado da Cultura

 

Inscrições gratuitas on-line

PROGRAMA:
Abertura - Dia 22 de Abril (terça-feira)
Local: Biblioteca Latino-Americana Victor Civita
           Memorial da América Latina
19h - Mesa de Abertura
Dr. Fernando Leça (Diretor Presidente da Fundação Memorial da América Latina)
Prof. João Alves das Neves (Presidente do Centro de Estudos Fernando Pessoa)
20h - Conferência
Profª. Tereza Rita Lopes (Escritora e professora da Universidade Nova de Lisboa): “Vieira e Pessoa”
21h - Leitura Dramática de Textos Vieirianos
Carlos Carranca (Professor da Escola Superior de Teatro - Portugal)
21h30 - Apresentação do quarteto A Quatro Vozes

Colóquio - Dia 23 de Abril (quarta-feira)
Local: Anexo dos Congressistas – Memorial da América Latina
9h às 10h
- Conferências: “Padre Vieira do Brasil”
• Regina Anacleto (Professora da Universidade de Coimbra): “A Arte no Tempo de Vieira
• Hernâni Donato (Historiador e professor universitário): “Vieira, o Crente”

10h - Intervalo

10:15h às 12:30h - Conferências: “Recepções de Vieira
• José Eduardo Franco (Professor da Universidade Lusófona - Lisboa): “A Mulher nos sermões de Vieira”
• Carlos Francisco Moura (Escritor e Arquiteto da Real Gabinete Português de Leitura): “Vieira Viajante, Navegante, Naufragante”
• Eduardo Navarro (Professor Literatura Brasileira da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP): “A Idéia da Inconstância da Alma Selvagem no Sermão do Espírito Santo”

12:30h -Almoço

14h às 16h - Conferências: “Vieira, o dono da História”
• Maria Beatriz Rocha-Trindade (Escritora e professora da Universidade Aberta de Lisboa): "O Saudosismo na Literatura Portuguesa"
• Raul Francisco Moura (Escritor e museólogo - Rio de Janeiro): “Três Antônios Lisboetas”
• Teodoro Koracakis (Doutor em literatura comparada pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro): “A Relevância do Sermão da Quadragésima para o Estágio Atual dos Estudos Literários”
• Antônio Lopes Machado (Escritor): “O Padre Vieira, Protetor dos Índios e Africanos”

16h Intervalo

16:15 às 18:15 -  Conferências:  “Vieira de mil faces”
• Paulo de Assunção (Professor Titular da USJT/ Unifai/ Inicapital e FAENAC): “O Pensamento Econômico do Padre Antonio Vieira”
• Beatriz Alcântara (Professora da Universidade Estadual do Ceará): “Vieira – o Quinto Império e o Saudosismo”
• Odete da Conceição Dias (Professora da Universidade Ibirapuera): “Iconografia Vieiriana”

Dia 24 de abril (quinta-feira) - Colóquio e Encontro Cultural de Língua Portuguesa
Local: Casa de Portugal
9h às 12h
- Comunicações: “Recepções Lusófonas no século XX  - I”
• Márcia Arruda Franco (Professora de Literatura Portuguesa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP): “Duas Cantigas em Movência”
• Flavio Vichinski (Professor e mestrando da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP): “Saramago, Leitor de Camões”
• Anísio Justino da Silva Filho (Teólogo, professor e mestrando da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP): “A Defesa e a Ilustração da Língua Portuguesa nos Gramáticos e em Antonio Ferreira”
• Vera Helena Amatti (Jornalista e mestranda da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP): “A Construção do Sermonista no jovem ‘repórter’ Antônio Vieira”

12h Almoço

14h às 16h Comunicações: “Recepções Lusófonas no século XX  - II”
• Luiz Antônio Lindo (Professor de Filologia Românica da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP): “Caminho e caminharei a passos duros, pensando”
• Rita de Cássia Alves (Escritora e ensaísta): “Presença da Saudade na Alma Portuguesa: Vieira e Pessoa”
• Cristiane Prando Martini Simeoni (Professora e mestranda da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP): “A Desconstrução do Eu em Fernando Pessoa”

16h - Intervalo

16:15h às 18:15h - Comunicações: Estudos Lusófonos
• Ives Gandra Martins (Escritor e Professor Emérito da Universidade Mackenzie): “A Presença de Vieira no Maranhão e a Integração Futura de uma Nação com a Vinda da Corte Portuguesa”
• Carlos Carranca (Professor da Escola Superior de Teatro - Portugal): “O Iberismo: Torga, Unamuno, e a visão da América Latina”
• Dalila Teles Veras (Escritora): “A Obra de Joaquim de Montezuma de Carvalho”
• Teodoro Antunes Mendes Tamen (Poeta e Pesquisador): “O Padre Antônio Vieira e o Sonho do Quinto Império”.

Concerto “A Música no Tempo de Vieira”, com o Coral Baccarelli
Dia 26 de abril (sábado), às 15h
Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa São Paulo
Endereço: Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista – São Paulo – Tel.: (11) 3505- 1000
Entrada Franca

Serviço:
Colóquio 400 anos de Padre Antônio Vieira, Imperador da Língua Portuguesa
Locais: 
- dia 22, às 19h
  Biblioteca Latino-Americana Victor Civita (Memorial da América Latina):
- dia 23, das 8 às 18h30; 
  Anexo dos Congressistas (Memorial da América Latina):
- dia 24, das 14h às 18h30.
  Casa de Portugal:

Informações: 3823.4780 e cursos@memorial.sp.gov.br.
Entrada franca

    


Fonte: Departamento de Comunicação Social


 

5o Festival Latino-Americano de Cinema de S?o Paulo

Revista Nossa América

O Impacto do Microcréditol

Biblioteca Virtual

Memorial no Twitter

Memorial Twitter

Memorial Facebook

Cursos

Cátedra Memorial da América Latina

III Festival Ibero-americano de Teatro

Memorial Twitter

   
2005 - Memorial da America Latina - Todos os direitos reservados | Como chegar |Horário